SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

Governo do Estado de Alagoas

SAMU

SERVIÇO DE ATENDIMENTO MÓVEL DE URGÊNCIA – SAMU


LIGAÇÕES RECEBIDAS


Ligações Atendidas

Maceió:

1.352

Arapiraca:

662


Trotes

Maceió:

858

Arapiraca:

482


Ligações indevidas

Maceió:

117

Arapiraca:

33


Ligações p/o médico regulador

Maceió:

123

Arapiraca:

70


Ligações em andamento

Maceió:

115

Arapiraca:

26


Unidade de suporte básico/avançado

Maceió:

139

Arapiraca:

51


Saída de ambulância

Maceió:

77

Arapiraca:

51


Orientações médicas

Maceió:

46

Arapiraca:

19

 

 

OCORRÊNCIAS POR TIPO


Trânsito

Maceió:

23

Arapiraca:

21


Arma de fogo

Maceió:

4

Arapiraca:

1


Arma branca

Maceió:

2

Arapiraca:

1


Queda da p. altura

Maceió:

4

Arapiraca:

4


Queda de barreira

Maceió:

1

Arapiraca:

1


Outros

Maceió:

3

Arapiraca:

9


Clínico

Maceió:

19

Arapiraca:

28


Afogamento

Maceió:

0

Arapiraca:

0


Obstétrico

Maceió:

0

Arapiraca:

1


Psiquiátrico

Maceió:

2

Arapiraca:

4


QTA

Maceió:

7

Arapiraca:

0


Tranferência

Maceió:

12

Arapiraca:

0


Óbito

Maceió:

3

Arapiraca:

0


Helicóptero

Maceió:

1

Arapiraca:

0


Motolância

Maceió:

3

Arapiraca:

0

 

Atualizado em 02/10/2017

MACEIÓ E ARAPIRACA

Criado em 1998, inicialmente como Central de Regulação de Leitos (CRL), o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) recebeu a nova nomenclatura em 14 de dezembro de 2003, através da Resolução 68 do Ministério da Saúde. O Samu alagoano é um dos únicos do País que está estrategicamente instalado em todo o território alagoano, com uma Base Descentralizada a cada 30 km, visando oferecer a população um atendimento pré-hospitalar eficiente.

 

Atualmente o Samu dispõe, somente em Maceió, de nove ambulâncias do tipo Unidade de Suporte Básico (USB) e cinco Unidades de Suporte Avançado (USA UTI móvel), uma delas para o Serviço Neonatal (o serviço é pioneiro no País); além do Aeromédico (UTI Aérea), único do Norte/Nordeste que é mantido com recursos próprios do governo do Estado.

 

O regulamento técnico dos Sistemas Estaduais de Atenção Integral às Urgências e Emergências foi criado pela Portaria 2048/2002 do Ministério da Saúde e os objetivos são: regular as urgências e emergências; o atendimento pré-hospitalar fixo e móvel; o atendimento hospitalar; as transferências inter-hospitalar, entre outros serviços pertinentes.

 

Pela Portaria também existe o Núcleo de Educação em Urgência (NEU) e o Núcleo de Educação Permanente, (NEP) que são os responsáveis pelo treinamento e atualização de todo o pessoal que atua no Samu. Em Alagoas o Samu funciona com duas Centrais Regionais: uma em Maceió e outra em Arapiraca.

 

As Bases Descentralizadas do Samu, reguladas por Maceió são: União dos Palmares, Viçosa, São Miguel dos Campos, Porto Calvo, Coruripe, Joaquim Gomes, São Luiz do Quitunde, Maragogi, Teotônio Vilela, Rio Largo, Murici, Marechal Deodoro, Barra de Santo Antônio, Colônia de Leopoldina, São Miguel dos Milagres e Atalaia.

 

Já as Bases pertencentes à Central de Arapiraca são: Penedo, Ouro Branco, Delmiro Gouveia, Pão de Açúcar, Santana do Ipanema, Palmeira dos Índios, Cacimbinhas, Maribondo, Porto Real do Colégio, Campo Alegre, Mata Grande, Girau do Ponciano, São Sebastião, São José da Tapera, Inhapi, Piranhas, Olho D´Água do Casado, Batalha e Traipu.

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA

 

Arnaldo Santos – Jornalista

Telefone: (82) 9.8876-8241

E-mail: Arnaldosanttos@gmail.com

BASTA LIGAR PARA O 192


Horário de Atendimento: Todos os dias da semana – 24 horas por dia Gestão do Samu Maceió: Dárbio Renato Alvim Santos
Endereço: Rua Goiás, 800, Maceió-AL
CEP: 57.055-320
Telefone: (82) 3315-1859
Gestão do Samu Arapiraca: Fabiano Lúcio de Almeida Silva
Telefone: (82) 3521-9302

 

 

SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência


O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) realiza o atendimento de urgência e emergência em qualquer lugar: residências, locais de trabalho e vias públicas. O socorro começa com a chamada gratuita, feita para o telefone 192. A ligação é atendida por técnicos que identificam a emergência e transferem o telefonema para um médico, que faz o diagnóstico da situação e inicia o atendimento no mesmo instante, orientando o paciente, ou a pessoa que fez a chamada, sobre as primeiras ações.

 

 

O que é o SAMU 192?


O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192 tem como objetivo chegar precocemente à vítima após ter ocorrido alguma situação de urgência ou emergência de natureza clínica, cirúrgica, traumática, obstétrica, pediátrica, psiquiátrica, entre outras, que possa levar a sofrimento, a sequelas ou mesmo a morte. Trata-se de um serviço pré-hospitalar, que visa conectar as vítimas aos recursos que elas necessitam e com a maior brevidade possível.

 

O SAMU 192 é um serviço gratuito, que funciona 24 horas, por meio da prestação de orientações e do envio de veículos tripulados por equipe capacitada, acessado pelo número “192” e acionado por uma Central de Regulação das Urgências. O SAMU realiza os atendimentos em qualquer lugar: residências, locais de trabalho e vias públicas, e conta com equipes que reúne médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e condutores socorristas.

 

O Ministério da Saúde vem concentrando esforços no sentido de implementar a Política Nacional de Atenção às Urgências, da qual o SAMU 192 é componente fundamental. Tal Política prioriza os princípios do SUS, com ênfase na construção de redes de atenção integral às urgências regionalizadas e hierarquizadas que permitam a organização da atenção, com o objetivo de garantir a universalidade do acesso, a eqüidade na alocação de recursos e a integralidade na atenção prestada.

 

 

Como funciona o SAMU 192?


O atendimento do SAMU 192 começa a partir do chamado telefônico, quando são prestadas orientações sobre as primeiras ações. O serviço pode ser acessado gratuitamente pelo número 192, a partir de qualquer telefone, fixo ou móvel. A ligação é atendida por técnicos, que identificam a emergência e coletam as primeiras informações sobre as vítimas e sua localização. Em seguida, as chamadas são remetidas ao Médico Regulador, que presta orientações ás vítimas e aciona as ambulâncias quando necessário.

 

O SAMU 192 é um serviço territorializado e móvel. As ambulância são distribuídas estrategicamente, de modo a otimizar o tempo-resposta entre os chamados da população e o encaminhamento aos serviços hospitalares de referência. A prioridade é possibilitar a cada vítima um atendimento no menor tempo possível, inclusive com o envio de médicos conforme a gravidade do caso. As unidades móveis podem ser ambulâncias, motolâncias, ambulanchas ou aeromédicos, conforme a disponibilidade e necessidade de cada situação, sempre no intuito de garantir a maior abrangência possível.

Quando chamar o SAMU 192


Na ocorrência de problemas cardio-respiratórios;

Em casos de Intoxicação exógena;

Em caso de queimaduras graves;

Na ocorrência de maus tratos;

Em trabalhos de parto onde haja risco de morte da mãe ou do feto;

Em casos de tentativas de suicídio;

Em crises hipertensivas;

Quando houver acidentes/traumas com vítimas;

Em casos de afogamentos;

Em casos de choque elétrico;

Em acidentes com produtos perigosos;

Medidas em caso de acidente


Algumas medidas úteis que contribuem para o atendimento

 

Verifique a quantidade de vítimas, o estado de consciência delas e se alguma delas está presa ás ferragens.

Ligue para o 192 e siga as orientações do Médico Regulador.

Sinalize as vias galhos de arvore triângulo de sinalização

Em caso de acidente com motos: não toque nas vítimas, não retire o capacete.

Não dê água aos acidentados

FONTE: MINISTERIO DA SAUDE

Saiba Mais…


A supervisão do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência

O serviço Aeromédico salvou 1.189 pessoas, em 2016. Desde